terça-feira, 28 de dezembro de 2010

Natal, natal. Dia de passar mal...

Pois é. Dia corrido depois de semanas puxadíssimas no trabalho, o organismo véio de guerra não agüentou (agora eu só tenho mais 9 anos pra usar o trema... droga!) e sucumbiu. Bem na véspera de natal.

Na noite do dia 23 eu já estava ruimzinho, com bastante diarréia (coisa feia de se dizer, né não?), mas absolutamente sem dor nenhuma. Passei a noite do dia 23 pro dia 24 acordando, indo ao banheiro e tomando água. MUITA água. Como aqui na roça cidade onde eu moro não tem um hospital de confiança e eu estava sem sintomas mais sérios, deixei passar a noite pra ver como eu ia acordar no dia seguinte, apesar da insistência da Paula em ir ao Centro Médico de Campinas. Sim, ela cuida bem de mim, eu é que sou relaxado.


Bom, acordei no dia seguinte bem melhor. Não precisava ir ao banheiro com tanta freqüência (olha a trema aí de novo. Vou abusar enquanto posso...), mas estava bem fraco. Continuei bebendo muita água, e me reidratando com toda força. Beleza, funcionou, apesar de eu não ter conseguido ir trabalhar num dos dias mais importantes do ano no meu serviço. Beleza, meu irmão dá conta, sem problema.

Perto da hora do almoço, eu consegui acordar de verdade, levantar e ir pro trabalho com tranqüilidade (trema de novo, sim senhor!), embora a esta altura muito do dia já estivesse resolvido. Corri mais um pouco e ajudei um pouco a minha mãe, minha irmã, a Regina e a Paula com a decoração da festa da noite. Fiquei cansadíssimo, precisei deitar a cada dez minutos. Fraqueza das brabas, imagino que causada pela desidratação. Toca tomar MAIS ÁGUA...



Na volta pra casa, parei na farmácia pra pesar, com a Paula junto pra ninguém falar que eu tô contando mentira no blog. Resultado de uma noite inteira perdendo água: eu estava pesando 80,8kg uns 3 dias antes, acabei com 78,4kg. Assustador, não? É quase o mesmo ritmo de emagrecimento dos primeiros dias de pós cirurgia... Mas eu sabia que isso não ia se sustentar e que não era saudável.

Na noite de natal eu precisei ir deitar na cama da minha mãe, devido ao cansaço e à fraqueza. Mas foi pouco tempo, e este natal foi sensacional, apesar disso. Ganhei presentes MUITO legais, penso que acertei na maioria dos presentes que eu e Paula demos e tivemos grandes momentos iluminados em família. Enfim, foi de verdade, um dos melhores natais da minha vida adulta (quando a gente é criança todo natal é mágico, né? depois que a gente cresce e fica bobo, é difííícil resgatar isso...).



Enfim, continuei a tomar muita água e me alimentei bem nesses últimos dias. Hoje eu já estou com 80,1kg de novo, e estou ótimo. Só lembrando que meu objetivo era 85kg e eu comecei toda a jornada com 141,6kg.

Foi só um pequeno susto, mas passou. Agora é só manter o ritmo e tocar o barco.

Ano que vem, mais novidades sobre cirurgia plástica reparadora (acho que eu vou precisar) e o resultado dos meu exames.

Abraço, Feliz Natal atrasado e Feliz Ano Novo adiantado pros que eu não vir mais.

4 comentários:

  1. Tudo bem guri?
    Mas, a diarréia ( feia esta palavra mesmo) era porque?
    Algo intestinal?
    Emagrecer as custas de sentar no trono é horrível mesmo.
    Antes de operar emagrecí 4 kilos assim.
    Terrível.
    Abraço..e bom 2011!!!!!!

    ResponderExcluir
  2. Estava com saudades dos seus posts!
    Te amo.

    ResponderExcluir
  3. Oi... primeiro adorei o seu blog!!! Gostei muito do post anterior "para quem ta chegando a hora", muito legal... li tudinho! Te achei no blog da Caroline, ela mostrando o talento da sua amada! Bom aqui estou, na caminhada tb, te seguindo! Então desejo um 2011 cada dia mais feliz, e com mt saúde, se cuida! Uma boa semana p vc!

    ResponderExcluir